terça-feira, 18 de outubro de 2016

Agora Elisson Freire terá que excluir grande parte de seus artigos mentirosos

Clique na foto para ampliar


Por Fernando Nascimento


Tropeçando em suas próprias mentiras e sem conhecer a Carta 59 de São Cipriano, o anacronista protestante Elisson Freire havia publicado vários Artigos onde alegava que:

- “Constantino foi quem deu a Igreja Católica Romana a conhecida autoridade sobre as demais.” - ( Como, se décadas antes de Constantino nascer, São Cipriano escreveu da África ao Papa da Igreja Católica de Roma  dizendo que a Igreja Romana é a "catedra de Pedro" e a "Igreja principal em que a unidade sacerdotal tem sua fonte"?)

- “A Igreja Católica primitiva não significa a Igreja de Roma.” - (Como, se São Cipriano está dizendo que a Igreja Católica de Roma é a "Igreja principal em que a unidade sacerdotal tem sua fonte"?)

- “São Cipriano nem ligava para o Papa.” - ( Como, se São Cipriano está escrevendo para o Papa da Igreja Católica Romana e dizendo que aquela é a “cátedra de Pedro” e a "Igreja principal em que a unidade sacerdotal tem sua fonte"?)

- “Os ortodoxos são anteriores a Igreja de Roma.” - ( Como, se São Cipriano diz que em Roma “a unidade sacerdotal tem sua fonte”, e não na igreja ortodoxa que nem existia?).

Como se vê acima, coloquei entre parênteses os alfinetes que explodem as mentiras do Elisson sem precisar perder tempo refutando seus textões mentirosos que não resistem a um simples alfinete da verdade.

Agora vejamos como o tradutor protestante Philip Schaff deu o drible da vaca no hilário Elisson num estádio lotado.

O tradutor protestante Philip Schaff havia mudado o número da carta de Cipriano, de 59 para 54, em sua tradução inglesa usada pelo Elisson. Quando eu citava a Carta 59,14 como fonte da frase de São Cipriano que destruía os artigos do Elisson, o precipitado Elisson se adiantava em me acusar de “adulterador das cartas de Cipriano” porque olhava a tradução protestante na carta 59,14 citada por mim e não via a frase lá.

Ora, na tradução protestante está na Carta 54,14. Sim, a frase está lá pra infelicidade do Elisson, que terá que excluir grande parte de seus artigos mentirosos que renegam a Igreja Católica de Roma como Matriz da Igreja e como Cátedra de Pedro.

Eis a carta de São Cipriano ao Papa Cornélio de Roma, tão temida pelo Elisson, denunciando a ida de alguns hereges à Roma, e encontrada na tradução protestante que enumerou a carta de São Cipriano como sendo a 54,14. Os grifos são meus:

“Com um bispo falso apontado eleito por hereges, eles se atrevem a navegar e levar cartas de cismáticos e blasfemos para a cátedra de Pedro e à Igreja principal, em que a unidade sacerdotal tem a sua fonte; eles nem pensaram que estes são romanos, cuja fé foi elogiada na pregação pelo Apóstolo, e entre os quais não é possível a perfídia ter entrada.(Cipriano, Carta 54, 14 a Cornélio de Roma, c. AD 252) http://www.newadvent.org/fathers/050654.htm

Como se vê o Elisson não tem a menor noção de contexto histórico do cristianismo, suas divagações partem de retalhos que ele acha no Google e na desonesta literatura protestante. Após ter suas sandices refutadas por um curto trecho de uma carta de São Cipriano, esperamos que ele se mostre honesto e exclua os embustes de publicou.

Fim da farsa.