terça-feira, 15 de agosto de 2017

Pastor Agenor Duque zomba de Nossa Senhora Aparecida usando garrafa de Coca-cola. Garrafa corta-lhe o dedo e ele sangra


O pastor não era páreo nem para uma garrafa de Coca-cola


Por Fernando Nascimento

Mais uma vez, um sectário protestante, se passa a criminosamente vilipendiar a fé católica dirigindo insultos à Padroeira deste país, Nossa Senhora Aparecida.

Dessa vez, é o odioso pastor Agenor Duque, que fazendo uso de uma garrafa de refrigerante Coca-cola como se fosse uma imagem de Aparecida,  proferia seus insultos previstos como Crime Contra o Sentimento Religioso.

Seu castigo não tardou e veio ao vivo, bem na hora em que ele proferia os blasfemos insultos, pois a garrafa de Coca-cola que manipulava insinuando ser Nossa Senhora Aparecida, cortou-lhe severamente o dedo da mão que segurava o microfone.

O pastor sangrou até o final do vídeo enquanto sofismava insultando a mãe de Jesus. 

Seu insulto é vã, pois quem não é páreo para uma garrafa de Coca-cola, passa longe de atingir aquela que será proclamada “Bem-aventurada por todas as gerações”. (Lucas 1,48)


Veja no vídeo, o corte no dedo do pastor a partir dos 0:52 segundos:



O pastor Agenor Duque é um falso profeta, que tem iludido várias pessoas enfermas, inclusive com câncer, as dizendo tê-las curado e essas pessoas morreram dias depois. Confira no vídeo abaixo.






Muito diferente disso tudo, é a Sala dos Milagres de Aparecida, local onde os devotos da mãe de Jesus sempre voltam para agradecer as numerosas graças alcançadas. Confira no vídeo abaixo. 




Fimdafarsa.